Segunda-feira, 17 de Maio de 2010
Novidades MCA, Actuação das Just Girls – Fazer a Festa (Estádio do Jamor) e muito mais!!!

Novidades MCA...

 

Morangos Com Açúcar Sob o Sol da Ericeira

 

Apesar de o tempo continuar a pregar partidas à produção da série juvenil da TVI, o elenco e equipa técnica continuam empenhados na gravação dos episódios da temporada de Verão. A ANA descobriu alguns actores no areal de uma praia da Ericeira, em cenas que revelam já como vão ser os dias quentes dos moranguitos, com muito amor e as habituais peripécias à mistura. Alex é agora nadador-salvador e vigia a praia onde Lúcia aproveita os primeiros dias de sol, na companhia de Símara. Também Filipe e Clara se dirigem para o mesmo local e passam o tempo a namorar.

Férias de Verão estão quase aí

As filmagens continuam a bom ritmo e na areia juntam-se já NOVAS CARAS ao elenco. Nos momentos de descanso, os actores aproveitam para se conhecerem melhor. É na bela praia de São Lourenço, na Ericeira, que se vão desnrolar os amores de Verão.

Entre os novos moranguitos estão nomes como Joana Barradas, Raquel Guerra, Hélder Agapito ou Filipe Albuquerque. O aparato das gravações chamou a atenção dos primeiros “veraneantes”.

Alex tenta esquecer o passado com a nova actividade e luta agora pelo amor de Lúcia.

 

 

Em pleno concerto dos Tribo: Rui e Margarida são presos


A banda vai parar à esquadra por não ter pedido autorização às autoridades para dar o grandioso espectáculo

Vestido à moda dos anos 70, os elentos da banda Tribo preparam-se para o concerto que marcaram. Jorge fica contentíssimo ao vê-los com aquelas roupas. Enquanto o grupo se dirige ao local do espectáculo, Clara, Filipe, João Pedro, Paula, Ivo, Rosa, entre muitos outros, decidem também ir ver os amigos actuar. Papoila prepara ainda uma surpresa. Sobe ao palco e, pelo microfone, anuncia que Zé Milho e a sua Crew vão dançar. Todos aplaudem, entusiasmados.

Só que a noite acaba mal para os Tribo. Quando começam a cantar, dois polícias surgem, interrompendo o show. Os agentes da autoridade pedem então a Rui que mostre a autorização para o concerto, mas ele não a tem. Depois de uma troca acesa de palavras, a banda vai parar à esquadra. Quando sabe o que aconteceu, Bacelar discute com Margarida, inconformado com a sua prisão.

Actuação das Just Girls – Fazer a Festa (Estádio do Jamor)


Preview do 3º álbum das Just Girls – PopStars

http://www.girlspt.com/popstars3002.gif

Tracklist
1 – Fazer a festa
2 – Viver e aprender
3 – Popstar
4 – Ha um lugar
5 – Mereço mais
6 – Eu faço o sinal
7 – Dama de copas
8 – No meu sonho
9 – Eu sou!
10 – Pensar em ti
11 – Everything I do (I do it for you)

Bruno ignora a família

 

Almerinda recebe o cheque de 10 mil euros para pagar a fiança do filho Bruno. Apesar de ter sido Bacelar a emprestar-lhe a maquia, ela finge que foi a amiga Carmo a ajudá-la. De regresso a casa, Bruno porta-se de forma descuidada. Além de ignorar o irmão Flash, ele não liga às ordens da mãe. Um dia embebeda-se, adormecendo no sofá. Almerinda fica furiosa com aquele cenário.

Sandra Celas faz parte do elenco de Férias de Verão dos Morangos com Açúcar 7

Como é fazer parte do elenco de ‘Morangos com Açúcar

Sandra Celas
’, uma série juvenil que é referência?
Já quase todos os actores por lá passaram. Esta sétima temporada é diferente dado tratar-se de uma escola de artes. Está a ser uma experiência engraçada e com uma dinâmica de trabalho diferente.

- Vai continuar na série de Verão?
Está previsto eu incluir o elenco da temporada de Verão.

- Como é ser artista e estar numa série que fala deles?
Tenho esperança de que esta produção seja elucidativa para o público juvenil e lhes demonstre que esta profissão exige dedicação e estudo. Não basta ter talento, é preciso trabalho.

- A sua personagem em ‘Morangos’, a professora Célia, é muita austera?
É, e ela tem a preocupação de explicar aos alunos que é necessário trabalho e estudo para vingar nesta profissão, que é feita com 10% de talento e com 90% de trabalho.

- É actriz e dá aulas de representação na ficção. Como vive esta dualidade?
Há aqui uma redundância. Mas ao representar uma professora de teatro relembrei um pouco a minha formação.

- E para compor a professora Célia recordou alguns dos seus professores?
É verdade. Fiz um flashback e uma colagem de características de vários professores. Mas a Célia Trovão não é dos papéis mais difíceis que fiz, nem dos mais desafiantes.

- Acha que daria uma boa professora?
Não sei se tenho aptidão para pedagoga. É uma enorme responsabilidade e dá imenso trabalho. Na ficção a experiência é mais leve.

- A Associação Portuguesa de Telespectadores nunca viu com bons olhos os ‘Morangos’...
Nem sabia que existia essa associação... Acho óptimo haver massa crítica, mas a televisão tem um comando que nos permite desligar quando não gostamos de alguma coisa.

- Tem boas recordações da série ‘Inspector Max’, onde era a jornalista Júlia?
Foi um sucesso e é uma grande referência pelo feedback que ainda hoje tenho. Curiosamente, o elenco mais novo dos ‘Morangos’ fala-me do ‘Inspector Max’, que viu quando tinha 15 anos. É bom participar em projectos com audiências.

- Na rua reconhecem-na por qual das personagens?
Tanto é como Júlia como pela ‘Senhora professora’.

- Por que escolheu a representação como profissão?
Pela possibilidade de poder experimentar várias profissões, dramas, emoções...

- Que outros projectos tem?
Estou a preparar um trabalho de teatro. É para o Verão e estará inserido no Festival da Escola de Mulheres. Trata-se de um monólogo, mas sou supersticiosa nestas coisas, não gosto de falar antes de saber bem o que vou fazer.

- Disse que queria fazer um “trabalho mais profundo”. Que lhe apetecia fazer depois dos ‘Morangos’?
Um trabalho com mais amplitude emocional. Talvez uma série de acção ou de época.

- Depois de três curtas-metragens, que perspectivas tem na área do cinema?
Gostava muito de fazer uma longa-metragem. Faz-se pouco cinema em Portugal. Mesmo assim, creio que o cinema nacional está a ganhar uma dinâmica um bocadinho diferente. Mas é bom ir fazendo televisão, teatro e cinema para ter tarimba e não ganhar vícios.

- Dado que tem feito mais televisão, o que acha que mudou na produção nacional?
Vi, na RTP Memória, uma novela exibida há uns 11 anos, e não há comparação com o que se faz neste momento, em qualquer uma das estações.

- Tem uma bebé de um ano e sete meses. O que mudou desde que foi mãe?
Fui obrigada a deixar de olhar apenas para o meu umbigo. Ser pai ou mãe torna-nos melhores pessoas. O meu sentido de humanização ampliou para o colectivo.

- Os actores já se pacificaram com a TV?
Sempre me chocou não o fazerem. Porque a TV tem um poder imenso, chega onde não chega o teatro e o cinema e toca públicos de todas as classes sociais. Ora, isto acarreta uma enorme responsabilidade e obriga-me a empenhar-me muito no que faço. Estreei-me profissionalmente na televisão, onde muita gente fez a sua formação. E, hoje, quando as pessoas vão ao teatro vão ver os seus artistas da TV.

AULAS DE CANTO: “CANTO DESDE MIÚDA”

Além da representação, Sandra Celas é também uma apaixonada pelo canto e até já frequentou aulas de voz. “É verdade, andei um ano a ter aulas. Canto desde miúda. E, logo que tenha oportunidade, vou inscrever-me e voltar a fazer formação na área do canto”, revela à ‘Correio TV’. “Cantar é, para mim, uma coisa  natural, é quase um acto orgânico, uma necessidade de alma”, afirma a actriz que diz apreciar muitos géneros de música: “Adoro jazz, rock, música popular portuguesa, rock... Só não canto é fado”. Apesar do jeito para o canto, a ficção pouco tem aproveitado este seu talento. “É verdade, nunca ninguém me põe e cantar. Esta minha faceta não tem sido aproveitada na televisão, dado que já o fiz no teatro. Cantei uma única vez agora, na série  ‘Morangos com Açúcar’, na TVI. Mas espero poder usar mais vezes este meu gosto e aptidão no trabalho futuro”, afirma Sandra Celas.

PERFIL: EX-JORNALISTA

Sandra Celas tem 35 anos e representa desde os 20. Estreou-se no Teatro de Carnide, em 1997, e formou-se na Escola Superior de Teatro e Cinema. Fez jornalismo entre 1998 e 2001, na CNL e na SIC Notícias. Como actriz tem-se repartido pelo teatro, televisão e cinema. Entre os muitos trabalhos que fez na TV destacam-se as séries ‘A Ferreirinha’ e ‘Amália’ (RTP), a novela ‘Resistirei’ (SIC) e ‘Inspector Max’ (TVI). É casada com o autor de banda desenhada, caricaturista, cenógrafo e designer gráfico António Jorge Gonçalves.
Vídeo com todas músicas de Popstars das Just Girls

Vídeo com todas músicas de Popstars das Just Girls

Just Girls, a Girlsband dos Morangos com Açúcar

Vídeo com todas músicas de Popstars das Just Girls

Track List de PopStars das Just Girls

 



publicado por Rickymcdread às 00:24
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

O grande final dos "Moran...

O teu novo blog de Verão ...

Cristina Areia na pele de...

O casting que decorreu no...

Novidades MCA: Dulce mand...

O final de "Morangos com ...

Lourenço e Marta vão para...

Recordar Verões de ediçõe...

VERÃO MORANGOS COM AÇUCAR...

NOVIDADES DOS ÚLTIMOS TEM...

arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fazer olhinhos
Hi5 Morangos e Rebeldes





free counters

widget
Criar pagina
Criar pagina

widgeo

Get your own Chat Box! Go Large!
PARCERIA Sic Blog


GIRLSPT.COM - Cursores Animados

MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com
blogs SAPO
subscrever feeds