Domingo, 19 de Abril de 2009
Um pouco de tudo sobre Joana Anes a "Mia Rossi" da "Rebelde Way"!!!

People hoje deixo-vos um pouco mais sobre Joana Anes, a Mia Rossi da vossa "Rebelde Way"!!


Quem é Joana Anes?


Aqui vos deixo a conhecer um pouco melhor a actirz que interpreta a persongem de Mia Rossi na tua série favorita:


Biografia

                                  

Joana Anes teve o seu primeiro papel na televisão em Dei-te Quase Tudo, com a personagem ' Nica ' - 2005/2006

A seguir, foi convidada para fazer de ' Marina ' , na Floribella - 2007

E agora, em 2008, é uma das protagonistas da nova novela da SIC, Rebelde Way.

                              

Personagem - Mia Rossi

É a única filha de Afonso Rossi, um empresário muito conhecido na área da Moda, com quem tem uma relação possessiva. É muito mimada e o pai faz-lhe as vontades todas de modo a compensar a sua ausência, devido aos negócios.

É uma rapariga muito bonita e sabe disso. Preocupa-se imenso com a imagem, de tal forma que conhece todas as marcas de cosméticos e produtos de beleza e é incapaz de se separar da sua bolsa de maquilhagem.

Adora revistas de moda e está sempre atenta às novidades.

As outras alunas têm-na como referência e ela aproveita-se para exercer a sua influência sobre elas. Gosta de ser líder em tudo, é manipuladora e é a aluna mais popular do colégio. A dança e a música são duas das suas grandes paixões.

Gosta de ajudar os outros, mas quando eles não seguem os seus conselhos ou se tentam impor, ela considera-os causas perdidas, colocando-os à margem.

É uma jovem animada, activa e divertida mas consegue ser arrogante quando quer. Vê em Kika e em Vitória as suas grandes aliadas, que lhe fazem as vontades todas.

Aparentemente é uma pessoa fútil, desinteressante, fria, egoísta, que não precisa dos outros.

Mas, no fundo, é uma jovem carente, que necessita de atenção e que se entrega às pessoas em quem confia, com toda a lealdade.

 



Joana Anes


Joana Filipa Salgueiro Anes
Nascimento 29 de Fevereiro de 1984(29-02-1984) (25 anos)
Lisboa, Portugal
Nacionalidade Portuguesa
Ocupação atriz, cantora e modelo
Principais trabalhos Dei-te Quase Tudo, Floribella e Rebelde Way

Joana Anes (Lisboa, 29 de Fevereiro de 1984) é uma jovem actriz, cantora e modelo portuguesa. Começou a carreira com apenas 12 anos, como modelo fotográfica. Joana começou a sua carreira como actriz protagonizando o papel de Nica na novela da TVI Dei-te Quase Tudo. Actualmente participa na série de televisão Rebelde Way, que protagoniza o papel Mia Rossi

A Joana Anes tem duas irmãs chamadas Filipa e Inês todas tem entre 20 e 28 anos.

 



Para quem não se lembra Joana Anes participou na novela "Deite Quase Tudo" da tvi, interpretando o papel de Nicas e estrando-se como actriz, isto no ano de 2005/2006!!!



http://1.bp.blogspot.com/_dqvbyGFQfGY/SLqOlYJv3KI/AAAAAAAABtc/-GRQ7Bxd5X4/s320/joana+anes.jpg


Joana Anes também participou na série "Foribella" para quem não se recorda:


http://8e.img.v4.skyrock.net/8e6/joana-anes/pics/2252972479_small_1.jpg


Esta é Jooana Anes, a actriz que actualmente paricipa na série "Rebelde Way" e é uma das personagens principais da série:


http://i34.tinypic.com/kb7i36.jpg


Para terminar este post deixo-vos uma entrevista já antiga de Joana Anes à revista vidas mas que vos deixa a conhecer um pouco melhor a actriz:


Entrevistas

 Revista Vidas - 19.10.2008 

                        

Aos 24 anos, Joana Anes interpreta a excêntrica e coquete ‘Mia’ em ‘Rebelde Way’. A Joana confessa que nunca pensou ser actriz, mas garante que está a ser uma experiência fantástica. A Vidas acompanhou as gravações da série em Paris.

Qual foi o percurso da Joana até chegar ao mundo da representação?

Comecei a fazer moda muito cedo, para além de muita  publicidade, nomeadamente em televisão. Depois, através da minha agência, surgiu a possibilidade de fazer um casting para a novela ‘Dei-te Quase Tudo’, da TVI. As coisas correram bem e acabei por  ficar. Foi a minha primeira experiência como actriz.

Ser actriz era um dos sonhos de infância ?

Não, até porque nunca tinha tido nenhuma experiência, nem tão pouco qualquer formação na área. Mas sempre soube que iria fazer algo ligado ao mundo das artes. Esse gostinho esteve sempre lá. 

Conhecia alguém nas novelas ou no teatro?

Nunca tinha conhecido ninguém ligado à representação até começar a fazer castings. Depois acabam por se tornar pessoas do nosso círculo de amigos.

E depois dessa primeira experiência?

Acabei por dizer  para mim mesma que era isto que eu queria fazer. Mais tarde acabei por fazer a ‘Floribella’ e agora a ‘Rebelde Way’.

Como surgiu a hipótese de integrar o elenco da ‘Rebelde’?

Tive dois meses a dar contracenas para os castings. Havia imensas candidatas para as personagens e a mim foram-me apresentados três papéis possíveis. Em todas elas achei que me podia encaixar.

Acabou por ser escolhida para uma das protagonistas, a ‘Mia’....

É verdade. Nunca me imaginei a fazer uma personagem tão coquete e tão ‘Barbie’, até porque é muito diferente de mim. A personagem é um verdadeiro furacão. Tive de ir buscar o que há de mais feminino de dentro de mim.

Este papel é um grande desafio?

Sem dúvida. É um dos quatro protagonistas. É um grande desafio e muito motivante, até porque as outras duas experiências foram muito subtis.

Como é a Joana na vida real?

Adoro passar despercebida,  ao contrário da ‘Mia’. Não gosto de ser o centro das atenções.

É vaidosa?

Não sou nada vaidosa, ao contrário da ‘Mia’. Apesar de ser menos feminina do que a personagem, adoro fazer compras nas lojas baratinhas.

Para além de actriz, é dançarina e cantora na novela...

É, sem dúvida alguma, um verdadeiro desafio. São três áreas que adoro e que nunca imaginei fazer numa novela. Estou ansiosa por passar pela experiência de cantar para uma multidão. Até já sonhei que num concerto entrava e caía em palco (risos).

Depois de tantos meses de gravações, como tem sido a receptividade do público?

Tem sido muito bom. As pessoas têm abordagens muito positivas em relação à personagem. Os pares românticos têm mais visibilidade, mas o assédio tem estado muito dividido pelas quatro principais personagens.

Como tem lidado com o assédio?

Sinceramente, optei por não pensar muito nisso. Tento lidar  com a maior naturalidade possível, mas se estiver no meu cantinho as coisas passam sem levantar grandes ondas. Além do mais, temos pessoas que nos acompanham nessas coisas e isso também me tranquiliza.

Na rua já é reconhecida?

Sim, principalmente pelas meninas que se identificam em alguns aspectos com a ‘Mia’ e já repetem a frase: “É muito difícil ser Mia Rossi”.

... e a imprensa?

Sabemos que isso vem atrelado, é um dos factores obrigatórios. Nós sem a imprensa não sobrevivemos e a imprensa  sem nós também não sobrevive. Tem é de ser moderado, desde que não haja exploração.

E a família, como lida com isso?

Esse assédio preocupa-me a todos os níveis, não só com o namorado mas com toda a família. A família é um suporte muito importante para mim. É ela que nos faz a ligação à Terra, é um cordão umbilical que nos mantém ligados à realidade, de onde vimos e aquilo que nós somos.

O namorado é ciumento?

É complicado. Principalmente porque não é uma pessoa que faça parte do meio. Ter de lidar com esse tipo de situações é complicado. Mas as pessoas que gostam de nós ajudam-nos a ultrapassar.

A diversão é uma constante nas gravações?

Estamos sempre na brincadeira umas com as outras. Tentamos puxar-nos uns aos outros. Não há stresses entre nós, damo-nos sempre bem. Somos todos diferentes e acaba por ser uma aprendizagem, porque temos de saber lidar com feitios diferentes, sem nunca nos darmos mal.

Têm sido meses de grande cansaço?

Sim, têm sido cansativos mas, ao mesmo tempo, muito divertidos. Já aconteceu de tudo. Já chorei fora do estúdio.

Porquê?

Quando existe a angústia de querer fazer um bom trabalho e não estamos lá ou porque o cansaço é muito. Até porque a ‘Mia’ tem uma grande energia. É uma prova de fogo para mim, é uma protagonista. E nem sempre acordamos bem e tento gerir isso tudo para o conseguir. E quando não consigo estar com essa energia é sempre muito angustiante.

O que a ‘Rebelde Way’ traz de inovador?

Acima de tudo vão ver actores jovens que estão a dar tudo para provar que esta geração tem cartas para dar. E os resultados estão aí.

O que é diferente dos ‘Morangos com Açúcar’?

A história, embora tenha a mesma envolvência dos ‘Morangos’, é diferente porque se passa num colégio interno onde podem acontecer muitas coisas e isso pode tornar-se muito aliciante e cativante para quem vê a série.

Como a Joana descontrai fora do ‘set’ de filmagens?

A Joana é muito simples. Gosto muito de estar em casa com o meu gato, de ver  filmes, de estar com os meus amigos, sair e dançar para espairecer. Adoro estar com a família. É algo a que dou muito valor.

A diversão ajuda a descontrair?

Sim, sou uma pessoa muito alegre e isso nota-se quando estou a gravar. Mas depois sou  tímida e em algumas vezes a minha timidez transforma-se em antipatia. O primeiro impacto é que as pessoas pensam que sou antipática, mas sou simpática.

REFLEXO

O que vê quando se olha ao espelho?

Como tudo, isso depende dos dias. Tem dias em que acordo com muita força de vontade de viver, mas há outros em que olho ao espelho e me sinto cansada. Nessas alturas não tenho a certeza daquilo que quero fazer.

Gosta do que vê?

Sim, gosto muito. Sinto-me bem comigo mesma e não vejo razões para mudar nada.

Alguma vez lhe apeteceu partir o espelho?

Sim. Todas as mulheres já passaram por isso. Principalmente naqueles dias em que estamos mais vulneráveis.

Quem gostaria de ver reflectido no espelho?


É um lugar comum dizer isto, mas gostaria de ver todas as pessoas de quem gosto e quem aprendi a admirar.

Pessoa de referência?

A mãe e o pai são as minhas grandes referências.

Momento mercante?

Apesar de ter feito outras coisas em TV, devo dizer que foi o momento em que soube que ia ser a ‘Mia’

Qualidade e defeito?

Sou muito persistente em tudo aquilo que faço e isso pode ser tanto para o bom como para o mau.

Fonte: http://www.rebeldeway.blogs.sapo.pt/

Revista: Notícias TV - 29.08.2008

Os sonhos de Joana Anes:

1. " Gritar. Subir ao ponto mais alto do mundo e sentir essa libertação. "

2. " Lua. Adorava um dia fazer essa viagem e poder ir até lá a cima ver como é. "

3. " Golfinhos. Sempre sonhei poder nadar com eles. "

4. " Sobreviver. Perceber como sobreviveria numa ilha deserta só com o que ela me oferece. "

5. " Amigos e família. Gostava de poder estar mais vezes junto deles. "

6. " Voluntariado. Sonho ajudar, tornar o mundo melhor. "

7. " Felicidade. Desejo ser feliz, mas não desejo a felicidade total. "

                 

 


http://img161.imageshack.us/img161/4189/21797308iv1.jpg



publicado por Rickymcdread às 21:36
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

O grande final dos "Moran...

O teu novo blog de Verão ...

Cristina Areia na pele de...

O casting que decorreu no...

Novidades MCA: Dulce mand...

O final de "Morangos com ...

Lourenço e Marta vão para...

Recordar Verões de ediçõe...

VERÃO MORANGOS COM AÇUCAR...

NOVIDADES DOS ÚLTIMOS TEM...

arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fazer olhinhos
Hi5 Morangos e Rebeldes





free counters

widget
Criar pagina
Criar pagina

widgeo

Get your own Chat Box! Go Large!
PARCERIA Sic Blog


GIRLSPT.COM - Cursores Animados

MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com
blogs SAPO
subscrever feeds